Pular para o conteúdo principal

O mercado de serviços de verificação de identidade foi avaliado em US$ 11 bilhões em 2022. Como mais empresas percebem as vantagens da segurança e do serviço ao cliente da tecnologia digital, as previsões são de que o setor quase quadruplicará de tamanho até 2032.

Então, o que está impulsionando esse rápido crescimento? Por que a verificação é tão importante, em primeiro lugar? E, o mais importante, como sua instituição financeira, órgão governamental ou organização pode se beneficiar de uma solução digital?

Não procure respostas. Você está no lugar certo. Aqui, abordaremos a verificação de ponta a ponta. Continue lendo para aprender os meandros da verificação de identidade digital e por que ela é essencial para o seu negócio.

O que é verificação de identidade?

O Instituto Nacional de Normas e Tecnologia (NIST) define a verificação de identidade como o processo de confirmação ou negação de que uma identidade reivindicada está correta. Em outras palavras, é como você determina se alguém é ou não quem diz ser.

Esse processo normalmente envolve a comparação do indivíduo solicitante com um ou mais documentos de identidade confiáveis. A verificação de identidade é especialmente importante para os negócios durante o processo de criação de contas, seja para governos, instituições financeiras ou empresas.

Por quê? Porque, sem a devida verificação de identidade, os fraudadores podem ter acesso fraudulento aos serviços. Muitas vezes, os contraventores tentam usar informações pessoais de outra pessoa para cometer roubo de identidade. Por sua vez, o processo de verificação de identidade é essencial para prevenir fraudes, especialmente on-line.

Qual é a diferença entre verificação de identidade tradicional e a digital?

A verificação da identidade tem sido um processo no papel há muitos anos. Isso exigia que todas as etapas de comprovação de identificação fossem realizadas presencialmente, envolvendo formulários em papel, verificações manuais e outros processos demorados e propensos a erros.

Isso não é apenas demorado e trabalhoso, mas também torna a experiência do cliente onerosa – e com isso há consequências duradouras.

Felizmente, os últimos anos testemunharam uma melhoria acentuada nas tecnologias de biometria, abrindo caminho para a verificação de identidade digital.

Em termos simples, a verificação de identidade digital é o processo de comprovação de que uma identidade é real, sem necessariamente interagir pessoalmente. Em vez de realizar verificações manuais e presenciais, as organizações podem agora recolher dados biográficos e biométricos digitalmente, à distância, e compará-los com fontes confiáveis.

Uma identidade digital pode ser definida como a soma total da presença on-line de uma pessoa – uma representação eletrônica que é usada para acessar serviços on-line, fazer compras e interagir com outras pessoas. Pode conter vários componentes, como:

  • Um documento de identidade emitido pelo governo, como carteira de habilitação ou identidade estadual
  • Documentos de identidade digital, como eIDs e ePassports
  • Dados móveis
  • Números de telefone e endereços de e-mail
  • Históricos de transações
  • Dados biométricos
  • Informações de mídias sociais

De um modo geral, “verificação de identidade on-line” é um termo genérico para o processo de verificação de que as informações enviadas – tais como os tipos listados acima – são válidas e pertencem genuinamente à pessoa que as envia. Caso contrário, há uma chance de o indivíduo em questão não ser quem afirma ser.

Por que a verificação de identidade digital é importante?

Os métodos de verificação de identidade são os mais escolhidos por organizações do mundo todo. Por quê? Três variáveis principais estão em jogo, alimentando o impulso para a verificação digital a um ritmo cada vez mais rápido.

1. Crescimento global no comércio e nas viagens

A corrida para digitalizar as interações levou a uma grande inovação e crescimento econômico. Por outro lado, também proporcionou amplas oportunidades para fraudes. As empresas procuram implementar diversas medidas de segurança para proteger a sua interação com os clientes. Simultaneamente, à medida que os governos de todo o mundo avançam para oferecer serviços digitalizados aos cidadãos, o processo de verificação é uma peça crítica do quebra-cabeça.

Percebendo esse fato, os governos estão cada vez mais financiando e apoiando tecnologias de autenticação de identidade digital. Veja os Estados Unidos, por exemplo. Em setembro de 2022, o Comitê de Segurança Interna e Assuntos Governamentais do Senado propôs a Lei de melhoria da identidade digital. A legislação estabeleceria um grupo de trabalho para coordenar os esforços federais, estaduais e do setor privado para desenvolver credenciais de identidade digital, tais como carteiras de habilitação, passaportes e certidões de nascimento.

No mundo todo, quase 160 dos 200 países já emitem passaportes eletrônicos, um documento legível por máquina com um chip incorporado. Com 1,2 bilhões de passaportes eletrônicos em circulação no momento e um forte impulso de utilização da biometria (particularmente o reconhecimento facial), as autoridades estão oferecendo aos viajantes uma amostra da movimentação entre fronteiras que é muito seguro, rápido e fluido.

2. Experiência e preferências do cliente

Os consumidores de hoje estão habituados a ter tudo ao seu alcance, acessível apenas com um clique. Em comparação, processos desatualizados ou manuais são frustrantes e demorados. Na verdade, 90% das empresas perderam clientes em potencial durante o processo inicial de integração.

Sendo a verificação de identidade digital um componente central da integração, é essencial que as organizações implementem uma solução rápida e sem obstáculos. À medida que os métodos de verificação de identidade amadurecem, muitas procuram processos novos, mais avançados e contínuos que maximizem a segurança sem comprometer a experiência do usuário.

3. Roubo de identidade e fraudes

Embora o crime financeiro sempre tenha sido uma ameaça incessante, a ascensão dos serviços de pagamento digital abriu caminho para uma nova era de fraude de identidade. As transações on-line envolvem dados financeiros e pessoais confidenciais, o que as torna um alvo lucrativo para contraventores que desejam obter dinheiro fácil.

De acordo com a Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos, 2,9 milhões de denúncias de fraude foram registradas em 2022 e o roubo de identidade foi a principal categoria de reclamações de consumidores. 25% desses casos denunciaram perdas, resultando em mais de US$ 6,1 bilhões perdidos devido a fraudes de identidade.

Claramente, há amplas evidências de que o mundo precisa urgentemente de verificação digital. Com os serviços financeiros cada vez mais sob ataque de fraudadores, proteger as informações pessoais nunca foi tão importante.

Infográfico de fraudes da Federal Trade Commission

Quais são os benefícios da verificação de identidade digital?

No lado positivo, as instituições financeiras podem nivelar o campo de atuação implantando as melhores ferramentas de autenticação da categoria. Além disso, com a solução de verificação de identidade certa ao seu lado, elas conseguem aproveitar uma série de vantagens comerciais significativas:

  • Eficiência operacional: O processo de verificação digital é muito mais rápido e menos oneroso que os métodos tradicionais. Com mais tempo e recursos disponíveis, você pode agilizar a autenticação e dedicar mão de obra a outras tarefas essenciais.
  • Conformidade: Os prestadores de serviços financeiros têm obrigações legais rigorosas no que diz respeito à proteção de informações pessoais, ao combate à fraude e à verificação de dados de identidade. A comprovação da identificação digital ajudará a satisfazer os requisitos de conformidade, e, ao mesmo tempo, oferecer um alto grau de garantia.
  • Aquisição de clientes: A verificação de identidade on-line remove uma tediosa barreira de entrada para os consumidores que desejam abrir contas e concluir transações sem se preocupar.
  • Gerenciamento de risco: Com métodos de autenticação adicionais, como detecção de vida e reconhecimento facial, você pode oferecer uma estratégia de segurança em camadas que reduz riscos.

Como funciona a verificação de identidade digital?

Antes de implementar uma solução de verificação de identidade, é útil entender como ela funciona na prática. Embora diversas abordagens estejam disponíveis, todas se baseiam em uma premissa central: os dados biográficos de uma pessoa precisam estar vinculados de forma segura ao ser humano que está solicitando um serviço, fazendo uma compra ou abrindo uma conta. Isso é possível utilizando dados biométricos (uma imagem facial ou impressão digital, por exemplo) como o vínculo segura entre a pessoa e os dados.

Existem vários elementos comumente usados em programas de identidade digital:

  1. Verificação baseada em conhecimento: Envolve a solicitação de dados de identidade que apenas a pessoa real deve saber, como senha, endereço físico, nome de solteira da mãe, etc.
  2. Verificação de documento: Essa técnica requer um documento de identidade emitido pelo governo, como passaporte ou carteira de habilitação. O documento de identificação físico é verificado por uma máquina para confirmar sua validade.
  3. Verificação biométrica: Esse método usa dados biométricos para confirmar a identidade de um indivíduo. Pode envolver o uso de software de reconhecimento de digital, íris ou facial.
  4. Autenticação de dispositivos: Alguns dispositivos podem ser confiáveis, enquanto outros podem ser perigosos. Esse método verifica a reputação do dispositivo, geralmente confirmando o endereço IP ou a impressão digital do navegador.
  5. Senha de uso único: Um código exclusivo e de uso único é enviado ao usuário por e-mail ou SMS, para garantir que ele esteja no controle do dispositivo.

Verificação de identidades com a Entrust

A Entrust oferece uma solução robusta de verificação de identidade (IDV) que valida o usuário com quem você está interagindo como uma pessoa real vinculada ao documento de identidade genuíno que comprova sua identidade digital. A Entrust IDV oferece serviços de verificação remota e escalonável no mais alto nível de garantia de identidade para programas cruciais do governo para o cidadão.

Com a opção das melhores tecnologias, a IDV tem flexibilidade e processos seguros para atender aos requisitos políticos, técnicos e orçamentários de cada governo. Nossa solução inovadora utiliza leitura e validação por smartphone de documentos de viagem eletrônicos legíveis por máquina (eMRTDs) — ePassports ou eIDs — combinados com biometria compatível e de qualidade adequada ao indivíduo.

Quão perto você está de alcançar uma solução robusta de verificação de identidade que atenda às necessidades dos seus negócios? Não importa a distância, podemos ajudá-lo a alcançá-la. Saiba mais sobre como a Entrust permite hoje a verificação de identidade para suas interações entre o governo e os cidadãos.