Identificação eletrônica, autenticação e serviços de confiança (eIDAS)

 

A regulamentação de Identificação eletrônica, autenticação e serviços de confiança, ou eIDAS, foi criada para estabelecer confiança nas transações eletrônicas entre pessoas, organizações e entidades governamentais em todos os estados membros da União Europeia.

 

Com eIDAS, cidadãos e empresas podem usar seus sistemas nacionais de identificação eletrônica (eIDs) ao acessar serviços públicos em outros estados membros da UE que usam eIDs. Além disso, este regulamento implementa normas para assinaturas eletrônicas, registros de data e hora, selos eletrônicos e outras provas de autenticação, incluindo certificação eletrônica e serviços de entrega registrada, que dão a essas transações eletrônicas o mesmo estatuto jurídico que teriam se fossem realizadas em papel.